quinta-feira, 24 de outubro de 2019

PROJETO CTAFOYE SOBRE TURISMO CULTURAL E EMPREENDEDORISMO TERÁ CONFERÊNCIA REALIZADA NESTE DIA 25 DE OUTUBRO EM ILHÉUS

A Cooperbom Turismo convida toda a comunidade a participar da Conferência do Projeto CTAFOYE - Turismo Cultural como Forma de Empreendedorismo Juvenil, cofinanciado pela União Europeia, a realizar-se nesta sexta-feira às 09:00 hora local, no auditório do CEEP do Chocolate no Malhado.
Programação:
– Apresentação do Projeto
– Experiências dos Jovens Intercambistas na Polônia e em Palestra – “Turismo Cultural e o Mercado de Trabalho – Oportunidades” com o Professor Reinaldo Soares
– Apresentação da Plataforma de Cursos Online do projeto
– Finalização e Entrega dos Certificados.
Inscrições no local.

        #erasmusplus2019 #ctafoyeproject #ctafoyemobility #cooperbomturismoilheus #cooperbomturismo

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

COOPERBOM TURISMO E PROJETO CUSPYDAL - CURSO DE FORMAÇÃO EM LIDERANÇA JUVENIL NA ITÁLIA

A Cooperbom Turismo, atuando desde 2007 em Ilhéus, selecionou 3 (três) participantes locais para o Projeto Cuspydal - “Customized Support to Youth Development of Active Leadership” no âmbito de Capacity Building Youth co-financiado pelo Programa Erasmus+ da União Europeia. 
As selecionadas foram:  1.Tatiana Correia Pereira Nascimento (Professora do Eixo Turismo do Ceep do Chocolate Nelson Schaun e aluna do Curso de Inglês do Projeto Life Long English Course, projeto da Cooperbom Turismo em parceria com o LCA e APPI). 2. Uendi Morais Barreto (Estudante de Arquitetura e atuante no voluntariado local) e 3. Alanna Oliveira Magalhães (Arquiteta e atuante do voluntariado na região de Fortaleza - CE).
O Projeto CUSPYDAL é uma cooperação entre a Europa (Eslováquia e Itália, Macedônia do Norte) e a América Latina (Brasil, Costa Rica e Uruguai), promovendo a capacitação e inclusão social de jovens com poucos recursos nas duas regiões. 
A COOPERBOM TURISMO é a organização Brasileira parceira do Consórcio representando o Brasil. 
O principal alvo do projeto:  os jovens desfavorecidos (NEETs, jovens de áreas rurais pobres) na Europa e na América Latina. 
Principal Objetivo: jovens das duas regiões trabalhadores em organizações parceiras e jovens desfavorecidos dos países parceiros. 
Pesquisa: A exclusão de jovens da educação é substancial na região da América Latina, segundo o Banco Mundial, que em um Relatório específico (2016) destacou o desafio da exclusão educacional na América Latina, identificando sua conexão com desafios de longo alcance como baixa qualidade da educação, desigualdade econômica, baixa qualidade de oportunidades educacionais e desafios de subgrupos específicos na sociedade. O Relatório também confirmou a correlação entre desistências educacionais e alto desemprego juvenil. 
O Eurostat quantificou em mais de 122 milhões de pessoas (24% da população da UE 28) o número de pessoas em risco de pobreza e exclusão social em 2014. As taxas elevadas de desemprego juvenil são também um desafio crucial, com 18,7% dos jovens 15-24 excluídos do mercado de trabalho. A exclusão da educação representou 10,7% da população da UE entre 18 e 24 anos em 2016. 
No Brasil a taxa de desemprego entre os brasileiros com idade de 18 a 24 anos ficou em 27,3% no primeiro trimestre (2019), conforme dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados em 16/05/2019 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 
Atividades do Projeto: 
-  Pesquisa sobre as melhores práticas de ONGs (Organizações Não Governamentais) na Europa e América Latina relacionadas ao desenvolvimento de liderança para engajamento ativo e inclusão social de jovens desfavorecidos, processados ​​em um Curso de Formação, promovendo as competências dos participantes na melhoria das qualificações e desenvolvimento do potencial de liderança dos jovens desfavorecidos.
- YE – Youth Exchange (Intercâmbio Juvenil) para os jovens desfavorecidos com o objetivo de transmitir habilidades transversais para a realização pessoal (flexibilidade, cooperação, senso de iniciativa e empreendedorismo, pensamento orientado por objetivos) e promover o potencial de liderança para um maior envolvimento em suas próprias comunidades. Os participantes produzirão um plano de atividades para uma iniciativa social voltada para o enfrentamento de questões enraizadas em suas próprias comunidades.
- Conferências de Stakeholders nos países parceiros, convidando as partes interessadas nacionais para conhecerem os resultados do projeto, bem como os planos de atividades desenvolvidas pelos participantes do YE (Intercâmbio). As melhores ideias serão apoiadas por meio de orientação e mentoria, promoção e ativação de mecanismos de financiamento coletivo. As conferências serão replicadas como uma estrutura regular de coordenação entre as partes interessadas e potenciais líderes de jovens.
- Plataforma Web que armazenará os módulos de e-learning para empreendedores e jovens aspirantes ao empreendedorismo. 
Dentre as atividades programadas estão: 1. Curso de Formação Internacional em Liderança Juvenil  (Learning to Empower) realizado de 24 a 31 de julho na Sardenha (Itália) do qual as selecionadas Tatiana Nascimento, Uendi Barreto e Alanna Magalhães participaram; oficinas e workshops locais e o Intercâmbio internacional a ser realizado na Costa Rica em dezembro. 


    Créditos: Projeto Cuspydal - Cooperbom Turismo 

Para a Coordenadora Nacional do Projeto, Maria Morais, o curso de formação internacional em Liderança Juvenil (Learning to Empower) oportunizou às participantes o acesso às ferramentas da educação não-formal que serão utilizadas para a formação de jovens líderes em suas comunidades onde as devolutivas do projeto serão oferecidas no mês de agosto. A semana de atividades foi intensa e ofereceu aos 24 participantes dos 6 países um momento único para criar network, aprender novas técnicas de liderança e desenvolver capacidades e habilidades além de melhorar o inglês, língua utilizada para as atividades do projeto. 
Para as participantes Tatiana Nascimento, Uendi Barreto e Alanna Magalhães, foi extremamente gratificante estarem participando do curso e das atividades relativas ao projeto durante os 8 dias de formação na Itália, o que permitiu a elas acesso a informações relevantes no processo de aprendizagem sobre liderança juvenil, no desenvolvimento das atividades para aplicação no intercâmbio e no uso das ferramentas da educação não formal, além da interação e network.
O Projeto lançará em breve uma plataforma e-learning para acesso às ferramentas desenvolvidas durante o curso de formação e as quais serão aplicadas durante o intercâmbio que ocorrerá na Costa rica no mês de dezembro próximo. 
Stakeholders interessados em apoiar as atividades do projeto a nível local, contate a Cooperbom Turismo por email: cooperbomturismo@hotmail.com
                         
Tags:#erasmusplus #cuspydalproject #mobilitycuspydal #capacitybuildingptojects #cooperbomturismoilheus #cooperbomturismo

CHAMADA PARA O VOLUNTARIADO EM ILHÉUS

A Cooperbom Turismo, organização sem fins lucrativos, localizada em Ilhéus, Bahia, desde 2007 vem atuando como capacitadora de jovens com poucas oportunidades, preparando-os para o mercado de trabalho, empreendedorismo e o idioma Inglês, através de diversas ferramentas da educação não formal em workshops, oficinas e intercâmbios, em parceria com outras organizações e programas de âmbito internacional como o Programa Erasmus+ da União Europeia com parceiros europeus, africanos e asiáticos, visando oportunizar a mais jovens da região a formação internacional valorizando as competências e habilidades de cada participante.
Para cooperar com a formação de um jovem, qualquer pessoa ou empresa pode participar, a Cooperbom Turismo disponibiliza produtos turísticos para através das vendas angariar recursos para a realização de projetos locais como a Horta Vertical e o curso de Italiano para as crianças da Creche Renascer cuja fachada foi recentemente pintada pelo gênio do grafite o ilheense Rildo Foge, voluntário desde 2008; o Curso de Inglês - Life Long English Course, para os alunos e professores do Ceep do Chocolate Nelson Schaun; o Projeto de Educação Ambiental com a Escola D. Pedro II e outros já finalizados.
Estão abertas as inscrições para voluntários para o projeto Sala Verde e  o de Turismo Sustentável. 
O Projeto Sala Verde é um programa do Ministério do Meio Ambiente que promove a educação ambiental para alunos das escolas públicas e comunidade. 
O Projeto de Turismo Sustentável promove ações voltadas à sustentabilidade do turismo através de ferramentas da educação não formal para jovens e interessados em melhorar a economia do turismo, em parceria com a Impact Travel Alliance - ITA, rede de profissionais do turismo com hubs presentes em mais de 30 cidades pelo mundo onde Ilhéus se situa juntamente com São Paulo, ao lado de cidades como Atenas, Jacarta, Londres, São Francisco e Toronto.
Qualquer pessoa pode participar do Programa de Voluntariado que a Cooperbom Turismo oferece com acesso a baixo custo do curso de inglês (qualidade material pedagógico da Cambridge University Press), treinamentos e capacitações voltados para as diversas ações de impacto social.
As inscrições estão abertas. Seja um voluntário ou apoiador das ações para promover capacitação a um jovem com poucas oportunidades e melhorar a economia do turismo de Ilhéus.
Horário de funcionamento: 
Agencia de Turismo e Voluntariado: Segunda, Quarta e Sexta das 14 às 18hs.
Curso de Inglês: terças e quintas das 18:30 às 19:30.
E-mail: cooperbomturismo@hotmail.com

Parceiros nas Ações Sociais: Cambridge University Press, LCA - Language Centre for All, Acanthus Travel Viagens e Turismo, Ceep do Chocolate, APPI - Associação dos Professores de Ilhéus, ATIL - Associação de Turismo de Ilhéus dentre outros.

Voluntario Parceiro: VOCÊ !

segunda-feira, 3 de junho de 2019

PROJETO CTAFOYE - TURISMO CULTURAL COMO FORMA DE EMPREENDEDORISMO JUVENIL - INSCRIÇÕES ATÉ 05/06

PROJETO CTAFOYE - Turismo Cultural como forma de Empreendedorismo Juvenil (Projeto número 602261-EPP-1-2018-1-PL-EPPKA2-CBY-ACPALA)
Objetivo principal do projeto:
Promover a educação de empreendedorismo jovem no campo do empreendimento cultural- turístico, incluindo a Responsabilidade Social Empresarial Ambiental nos negócios, através de uma formação de qualidade que melhore o desenvolvimento profissional dos jovens e, portanto, transfira para jovens trabalhadores metodologias de formação inovadoras, melhorar a orientação, aconselhamento e formação profissional na União Europeia e na América Latina para os jovens na área do empreendedorismo e turismo cultural.
CONSÓRCIO: Argentina, Brasil, Espanha, Peru e Polônia.
ATIVIDADES DO PROJETO: Job Shadowings (em todos os países), Intercâmbio (Málaga-Espanha), Cursos de Formação (Gydnia-Polônia), Conferências locais e uma plataforma online com 8 módulos do curso e-learning.
CONTEÚDO DA PLATAFORMA MOOC: Curso e-learning em módulos
Módulo 1. Característica do bom empreendedor e Responsabilidade Social
Corporativa (RSC)
Módulo 2. Tecnologias de informação e comunicação/TIC no empreendimento moderno, cultural-turístico.
Módulo 3. Criatividade e inovação na gestão do empreendimento cultural-turístico
Módulo 4. Criação da marca turística de empresa. Cooperação dos terceiros setores na criação de empreendimento turístico-cultural
Módulo 5. Turismo Responsável e Sustentável na criação de empreendimento cultural-turístico
Módulo 6. Fontes de financiamento de empresas de empreendimentos culturais-turísticos
Módulo 7. Plano de negócios na criação de empresa cultural-turística
Módulo 8. Técnicas eficazes de venda e negociação
GUIA DIGITAL:
Tema: como criar uma empresa com base na noção de turismo cultural.
O guia será criado com uma abordagem holística para a formação em competências empresariais e empreendedorismo dos jovens, no que se refere à ideia de criar empreendimentos turístico- culturais, incluindo uma análise das principais barreiras e oportunidades para a inclusão social dos jovens mais vulneráveis na Europa e América Latina, principalmente nos países parceiros no consórcio.

INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO  AQUI

terça-feira, 30 de abril de 2019

OPORTUNIDADE: A COOPERBOM TURISMO abre chamada para Curso de Formação Internacional - ERASMUS+ da União Europeia


CHAMADA PARA PARTICIPAÇÃO EM PROJETO INTERNACIONAL

A Cooperbom Turismo Ilhéus abre chamada para participação em Projeto Internacional.

Curso de Formação para o desenvolvimento de liderança ativa para  jovens.

País Anfitrião: Itália
Parceiros: Brasil, Eslováquia, Costa Rica, Itália, Macedônia Norte e Uruguai.
Descrição do projeto: CUSPYDAL - Capacitação para Suporte ao Desenvolvimento Juvenil em Liderança Ativa.

CUSPYDAL - Active Leadership é um projeto baseado na cooperação entre a Europa (Eslováquia, Itália, Macedônia do Norte) e América Latina (Brasil, Costa Rica, Uruguai). O projeto é co-financiado pela União Europeia, Programa Erasmus + (Ação-KA2, Capacitação para a juventude). Existem várias atividades educacionais e de pesquisa planejadas nos próximos meses, esse Curso de Formação parte das atividades.
Objetivos do Projeto: CUSPYDAL visa aumentar a inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconômica, jovens (afetados pelo desemprego, de áreas rurais ou menos desenvolvidas); contribuir para o seu desenvolvimento pessoal e profissional, melhorar as suas competências pessoais e de vida, a empregabilidade e o empreendedorismo e apoiar a sua participação ativa nas comunidades locais.
Curso de Formação: “Aprender a Capacitar” é um curso de formação para jovens que será realizado em Sassari, Itália, de 24 a 31 de julho de 2019.
Os Os objetivos do curso são:
1.promover as competências dos jovens facilitadores no desenvolvimento do potencial de liderança de jovens em situação de vulnerabilidade.
2.proporcionar-lhes conhecimentos, competências, métodos de educação não formal, como promover a inclusão social e estimular o empreendedorismo e a cidadania ativa da NEET (não estuda, sem emprego ou treinamento: termo usado pelo governo para descrever um jovem que não está mais na escola e não tem um emprego ou não está capacitado para o trabalho) nas suas
comunidades,
     3.testar modelos educativos não formais produzidos a partir dos resultados da pesquisa,
    4.produzir oficinas e ferramentas de ENF (Educação Não Formal) que serão testadas durante o próximo intercâmbio juvenil para jovens em situação de vulnerabilidade.
Idioma: O idioma oficial do Curso de Formação será o inglês.
Perfil dos participantes: A formação destina-se aos facilitadores de atividades para jovens, voluntários ou membros de ONGs (preferencialmente aqueles que trabalham ou são voluntários em atividades com jovens em situação de vulnerabilidade.
Serão 24 participantes, 4 de cada país. Os participantes devem ter + de 18 anos de idade e serem capazes de entender e se comunicar bem em inglês (embora nenhum nível profissional seja necessário) para o desenvolvimento das atividades.
Compromisso: É obrigatório que todos os selecionados participem do curso completo e das atividades locais de disseminação do projeto.
Após a seleção dos participantes, todos serão obrigados a assinar um documento fornecido pelo coordenador internacional e o nacional do projeto e comprometer-se a participar ativamente durante todo o curso e das atividades locais do projeto. As inscrições se encerram nesta sexta-feira dia 03/05 às 23:59 (horário de Brasília).
Inscrições: ENCERRADO
Informações adicionais: cooperbomturismo@hotmail.com
Endereço: Rua Sete de Setembro, 131, sala 204 centro – Ilhéus – Bahia.
Horário: das 15 às 18hs – Segunda a Sexta-Feira

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

COOPERBOM TURISMO PARTICIPA DE MAIS 2 PROJETOS CO-FINANCIADOS PELA UNIÃO EUROPEIA NO TEMA EMPREENDEDORISMO, CULTURA E TURISMO COMUNITÁRIO

A COOPERBOM TURISMO - Cooperativa de Turismo e Promoção Social, sediada em Ilhéus desde 2007, teve mais dois novos projetos co-financiados pela União Europeia através do Programa Erasmus+  aprovados: AESOP e CTAFOYE.


O primeiro projeto, coordenado pelo Teatro Aeroploio - Topos Allou da Grécia e será realizado pela COOPERBOM TURISMO em Ilhéus, o projeto AESOP  é um projeto de capacitação para jovens que visa desenvolver as competências para utilizar técnicas de contação de histórias e valores da comunidade relacionados à tradição oral, a fim de promover o desenvolvimento local.
O projeto foi incluso no âmbito do Ano Europeu do Patrimônio Cultural de 2018, reconhece o patrimônio cultural imaterial (e, em especial, a tradição oral) como uma fonte potencial de desenvolvimento muito significativa, geralmente subutilizada e subestimada. Neste contexto, o projeto incidirá em questões como contação de histórias, empreendedorismo, técnicas teatrais, empreendedorismo social, turismo comunitário, gestão cultural, marketing de projetos relacionados com o patrimônio cultural, etc.
O projeto vai organizar três seminários de capacitação, dirigidos a jovens facilitadores, um guia para os jovens, pesquisas para a identificação dos atrativos relevantes do patrimônio cultural e uma plataforma na qual cada jovem participante das atividades publicará suas atividades.
O projeto será implementado por 5 organizações parceiras de 4 países e 3 continentes (Brasil, Espanha, Grécia e Vietnam) que representam organizações sociais, organizações teatrais e culturais que promovem capacitação para jovens no campo do empreendedorismo cultural.
Todas as atividades são baseadas em uma variedade de metodologias educacionais não formais, incluindo seminários, visitas de estudo, debates, bem como um curso de certificação em relatórios comunitários.
As performances locais também serão organizadas em cada país em cooperação, onde a atividade de contar histórias será organizada no final do projeto no Brasil, em Ilhéus. O projeto vai desenvolver uma série de recursos educacionais abertos para os jovens facilitadores, multiplicadores sociais.
No final do projeto, espera-se que os jovens participantes desenvolvam significativamente suas habilidades em relação ao uso do patrimônio cultural imaterial como fonte de desenvolvimento local e inclusão social para as pessoas marginalizadas.
Para fazer a primeira capacitação para facilitadores do projeto que ocorrerá em Atenas, na Grécia de 11 a 16 de fevereiro próximo, a Cooperbom Turismo selecionou 3 (três) participantes de Ilhéus, Marissa Alencar, estudante do último período do curso de Guia de Turismo, que estará em atividade de estágio curricular e representando sua escola, CEEP Escola do Chocolate Nelson Shaun, localizada no Bairro do Malhado, Iara Colina, atriz, diretora teatral, facilitadora e servidora do IF Baiano, e Karoline Vital, atriz de teatro e integrante do Grupo de Palhaçaria Feminina "As Madalenas", ambas também integrantes do Teatro Popular de Ilhéus.
Ao retornar da Grécia, o grupo organizará uma agenda de oficinas e treinamentos para as atividades do projeto a serem desenvolvidas durante todo o ano de 2019 em Ilhéus e região, com inscrições abertas ao público interessado.

O segundo projeto, CTAFOYE – Cultural Tourism as a Form of Youth Entrepreneurship, sigla em inglês para “Turismo cultural como forma de empreendedorismo juvenil”, é um projeto que será coordenado pela Polônia, em um consórcio de 6 organizações de 5 países, Argentina, Brasil, Espanha, Peru e Polônia, cujo objetivo  principal é promover a educação em empreendedorismo jovem no campo do empreendimento cultural-turístico, incluindo a ideia de Responsabilidade Social Empresarial Ambiental nos negócios, através de uma formação de qualidade que melhore o desenvolvimento profissional dos jovens e, portanto, transfira para jovens multiplicadores sociais, metodologias de formação inovadoras, melhorar a orientação e mentoria e formação profissional para os jovens na União Europeia e na América Latina.

As atividades serão desenvolvidas com uma abordagem holística para a formação em empreendedorismo para jovens, no que diz respeito à criação de empreendimentos turístico-culturais voltados ao público jovem, incluindo uma análise das principais barreiras e oportunidades para a inclusão social dos jovens mais vulneráveis ​​na Europa e na América Latina, principalmente nos países parceiros no projeto, dentre as diversas atividades a serem desenvolvidas, está a criação de uma plataforma on-line com cursos a distância para capacitação nos temas do projeto.

COOPERBOM TURISMO, estará recebendo em Ilhéus de 5 a 8 de fevereiro próximo, representantes dos 5 países do grupo gestor do consórcio para a organização da agenda do projeto para o período de 2019-2020 que ocorrerá simultaneamente em todos os países.

STAKEHOLDERS (Apoiadores e parceiros locais e regionais), escolas, empresas, hotéis, mídias, universidades, faculdades, secretarias de cultura e turismo,  estão convidados a participar dos projetos apoiando na realização, disseminação e divulgação das atividades em Ilhéus e região. A participação desses apoiadores é essencial para o sucesso dos projetos e traz visibilidade por suas competências e como responsáveis sociais.
Empresas e organizações interessadas, contatar a  coordenadora nacional dos projetos no Brasil, Maria Morais via e-Mail: cooperbomturismo@hotmail.com

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

PROJETO LLEC - Lifelong English Course - Inglês para a Vida em parceria com o CEEP do Chocolate tem início


Teve início o  PROJETO LLEC - Lifelong English Course - Inglês para a Vida em parceria com o CEEP do Chocolate Nelson Shaun, atendendo a uma demanda dos cursos do Eixo Turismo da instituição.
O projeto é uma iniciativa da Cooperbom Turismo em parceria com o Language Centre for All - LCA. Estão sendo capacitados no idioma Inglês 60 alunos e professores nas instalações da APPI parceira do CEEP neste projeto, localizada no Bairro do Malhado.
O curso conta com a participação de uma volunteacher (Catiane Lyrio - Professora Voluntária) e um estagiário (Lucas Guzzi), sob a coordenação de Maria Morais, representando as intituições Cooperbom Turismo e LCA.

terça-feira, 21 de agosto de 2018

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Voluntariado - Porque?

Muitas pessoas se perguntam: Porque ser voluntário? O que muda quando fazemos uma ação social? Qual o impacto que o voluntariado traz à nossa vida e à comunidade? 
A grande maioria dos voluntários no Brasil quer: 1.  Ajudar a resolver parte dos problemas sociais do Brasil; 2. Sentir-se útil e valorizado; 3. Fazer algo diferente no dia a dia; e 4. 54% dos jovens no Brasil querem ser voluntários, mas não sabem como começar.  
Primeiro pesquise as instituições que estão bem próximas de você, pergunte quais as necessidades da instituição e no que você pode ajudar com seu talento, sua criatividade, seu tempo. Pesquisas indicam que Voluntários vivem mais e com maior saúde! 
Se você tem mais de 60 anos, e já é aposentado, pense nisso. Faça acontecer! Faça a diferença por onde andar. De acordo com Allan Luks, em The Healing Power of Doing Good, as pessoas que ajudam os outros têm mais e melhor saúde. Oito em dez dos entrevistados afirmaram que os benefícios para a saúde retornavam quando eles se lembravam da ação feita em anos anteriores. Um estudo da Universidade de Michigan constatou que os homens que faziam menos trabalhos voluntários eram significantemente mais propensos a morrer mais cedo. 
Baseado no texto de Stephen Kanitz e Leila Lorenzi in Por que ser voluntário. Disponível em http://voluntarios.com.br/p/por-que-ser-voluntario/

YE - YOUTH EXCHANGE - INTERCÂMBIO DE JOVENS NO PERU

Participar de um Projeto que levou 6 jovens ao Peru para intercâmbio e treinamento em empreendedorismo e economia social é uma experiência fantástica. "Foi uma maravilhosa experiencia, que me fez conhecer pessoas incríveis e comprometidas, descobrir novos valores,  motivação e emoções nunca vividas anteriormente...", segundo Alexandre Barreto, um dos participantes do Brasil, jovem de Ilhéus, estudante do curso de Relações Internacionais. 
O projeto SEEDS 2 ofereceu uma importante ferramenta para a aprendizagem prática sobre o desenvovliemnto de empresas sociais, empresas, ongs e suas terminologias. Através do Game foi possível levar os participantes a entenderem melhor o processo de criação de uma empresa social e o importante papel das mesmas no impacto social. Para Marlane Rocha, empreendedora residente em Ilhéus, "ser um transformador social e estar engajado no voluntariado dos projetos Erasmus+ realizados pela Cooperbom Turismo no Brasil, trouxe para todos nós um enorme aprendizado, preparando os participantes para maior comprometimento com a comunidade". 
O Youth Exchange no Peru  mobilizou todos os participantes dos 8 (oito) países do consórcio: Argentina, Brasil, México e Peru pela América Latina; Espanha, Finlândia, Itália e Turquia,  pela Europa. Para Winston Meireles, (líder e participante), "as atividades diárias levando os jovens intercambistas a pensar formas de ajudar a criar soluções para questões sociais, sentir-se útil e valorizado, e ter a possibilidade de fazer algo diferente no dia a dia permitiu compreender o papel de cada um nas mudanças que se quer ver na sociedade". 
Para alguns participantes que nunca haviam participado de um processo no desenvolvimento de uma empresa social, elaborar o canvas e apresentar o pitch foi um adicional ao conhecimento adquirido.
Valeu cada instante com um grupo maravilhoso, pessoas incríveis e um projeto fantástico!
Seeds 2 Youth Exchange Peru!
Para mais informações sobre o projeto visite o site http://socialeconomyresources.net/
E-mail: cooperbomturismo@hotmail.com

sábado, 4 de agosto de 2018

Projeto Globus - Global Business, co-financiado pelo Programa Erasmus+ da União Europeia - Etapa Eslovênia 2018

Projeto Globus - Global Business, co-financiado pelo Programa Erasmus+ da União Europeia em andamento na Eslovênia. Um consórcio de 6 países: Brasil, Eslovênia, Maldivas, Filipinas, Vietnam e Singapura. Workshops e Atividades sobre desenvolvimento de start-ups no Programa Global de Negócios (Globus Project) para 18 participantes de 6 organizações parceiras em Kamp Menina (Recica ob Savinji).



De 23 a 30 de junho aconteceu a segunda etapa do projeto com o workshop com a proposta “como escrever um projeto Erasmus”, onde cada grupo previamente formado, apresentou sua proposta para avaliação. Na programação, uma visita à Start-Up EKWD localizada em Komodo, uma empresa global internacional com foco no resfriamento a água para computadores.


Aconteceu também a “Noite Intercultural” onde cada país trouxe roupas, comidas e bebidas típicas que foram compartilhadas com os demais participantes e a comunidade presente no local.

Dentro da programação, uma visita a Ptuj, a cidade mais velha da Eslovênia, com visitação ao Castelo de Ptuj, antiga residência do governo e hoje museu da cidade, onde existem inúmeros objetos, arte e instrumentos medievais e atuais. Uma tarde de Rafting estava inclusa na programação, um local com uma visão fantástica dos Alpes.

Um momento importante foi o compartilhamento das experiências vividas pelos participantes nos projetos Erasmus+, onde a coordenadora do Brasil, Maria Morais falou sobre sua experiência com o programa e o impacto que o Erasmus+ trouxe a sua vida pessoal e profissional.

Foi uma etapa muito interessante do Projeto que nos levou a estabelecer novos conceitos sobre o tema e a aprender como escrever e aplicar para um projeto Erasmus.

Nossos agradecimentos pelas boas vindas a toda a equipe local da organização parceira e coordenadora internacional do projeto. 

Mais informações e participação no voluntariado: cooperbomturismo@hotmail.com

SEEDS 2 - Projeto sob o tema Empreendedorismo Social em Ilhéus - BA

A Cooperbom Turismo, realizou mais uma atividade do Projeto SEEDS2 - Social Economy Entrepreneurship Development Skills, co-financiado pelo Programa Erasmus+ da União Europeia. Aconteceu no dia 12 de abril passado,  a I Feira de Empreendedorismo Social e a Oficina "Ferramentas para o Desenvolvimento de Empreendimentos Sociais". O Evento foi realizado na Casa Jorge Amado, no centro da cidade, das 09:00 às 18:00hs com a participação de empreendedores locais e jovens interessados em aprender como desenvolver empresas com impacto social. Os facilitadores foram jovens voluntários locais treinados no YE  - Youth Exchange (Intercâmbio Jovem), parte do Projeto, ocorrido em dezembro de 2017, no Perú. 
Para Maria Morais, coordenadora nacional do projeto, "as atividades desenvolvidas ao longo do processo de treinamento ofereceram aos participantes a oportunidade de aprenderem sobre o tema empreendedorismo e empreendedorismo social com mais profundidade e assim entenderem como se tornar um empreendedor e ao mesmo tempo impactar socialmente sua comunidade. Neste evento, a realização da Feira e da Oficina estão oportunizando tanto aos jovens participantes quantos os empreendedores locais aplicarem na prática o que aprenderam durante as atividades desenvolvidas com o Game, uma ferramenta do projeto."
Mais informações via email: cooperbomturismo@hotmail.com

A participante Ediane Sales em seu depoimento (abaixo), confirma a importância que o projeto teve para todos os envolvidos. 

quarta-feira, 25 de julho de 2018

Impact Travel Alliance - Lançamento do Hub Ilhéus nesta Quinta-Feira 26/07

A Impact Travel Alliance, fundada pela empresária americana Kelley Louise, em Nova York em 2013 como Travel+Social Goodem parceria com a rede +SocialGood da Fundação das Nações Unidas, já é uma rede mundial que inclui hubs em quase 30 cidades pelo mundo, é uma organização global sem fins lucrativos voltada para melhorar a visibilidade e o prestígio do turismo sustentável e de destinos em todo o mundo.
Somos uma comunidade de agentes de mudança, unidos por amor ao turismo e a fazer o bem. Nossa comunidade é formada por mais de 20.000 profissionais de viagens ao redor do mundo que estão comprometidos em melhorar nosso mundo através do turismo.
Nosso objetivo é resolver questões como pobreza e desigualdade, através de viagens de negócios e lazer. Por meio da educação e defesa do turismo sustentável, estamos construindo uma comunidade colaborativa que fornece as ferramentas e a rede para impulsionar nossa indústria.
Nossa indústria possui o poder de impactar todos os problemas que nossa comunidade global enfrenta. Existe um enorme potencial para aproveitar o poder da indústria de viagens e transformá-la em uma força para o bem, para o desenvolvimento local. 
A Impact Travel Alliance está no Brasil em duas cidades, São Paulo (SP) sob a liderança de Mateus Silva, promovendo diversos eventos, e Ilhéus (Bahia), onde está se formando o segundo Hub sob a liderança de Maria Morais. Em lançamento oficial nesta quinta-feira 26 de julho, o Hub Ilhéus vem trazendo uma agenda com diversos eventos direcionados a questões e temas que podem impulsionar o turismo sustentável em Ilhéus e região, além de treinamentos e cursos que objetivam capacitar pessoas, stakeholders (apoiadores) e trabalhadores do setor. 

Onde estamos no mundo:

Antuérpia • Atenas • Austin • Barcelona • Chicago • Washington DC • Nova Deli •Denver •
Gjirokastra • Grande Seattle • Hong kong • Ilhéus • Jakarta • Kathmandu •
Los Angeles • Londres • Marrakech • Miami • Melbourne • Munique • Nova York • Pune •
São Francisco • São Paulo • Siem Reap • Sidney • Toronto • Tucson



Compareça! Dia 26 de julho às 18:30hs – Auditório do Sebrae - Ed. Premier – Cidade Nova – Ilhéus – Bahia. E-mail: ilheus@impacttravelalliance.org Tel.: 73 99156 0474

sexta-feira, 8 de junho de 2018


O Projeto GLOBUS (Global Business) é co-financiado pelo programa Erasmus+ da União Europeia, um consórcio de 6 países Eslovênia, Brasil, Cingapura, Filipinas, Maldivas e Vietnã, sob coordenação internacional da Eslovênia. Conectando grupos de ONGs de diferentes partes do mundo para se unirem para aprender e compartilhar as melhores práticas entre si. Com duração de 2 anos, o projeto terá reuniões e treinamentos em todos os países parceiros com o objetivo também para conhecer a cultura local e jovens empreendedores que inspirem, levando os participantes a aprenderem uns com os outros.O projeto segue dois objetivos principais: Encorajar o empreendedorismo entre os jovens e o Desenvolvimento das capacidades de organizações juvenis e seus membros.
As Principais atividades e tópicos das reuniões transnacionais são: o desenvolvimento de ideias de negócio, capacitação das organizações, marketing digital, casos de boas práticas, construção de redes e a cooperação com políticas públicas.No primeiro treinamento em Cingapura de 19 a 25 de fevereiro de 2018, na agenda um workshop sobre Startups por uma semana, onde cada grupo criou e apresentou uma ideia de negócio. À medida que a oficina se desdobrava, cada ideia começou a se transformar em um plano de negócios viável. Ocorreu uma visita a Startup Investeur em Raffles onde o grupo foi muito bem recebido pelo fundador e CEO Robin Teurlings, holandês radicado em Cingapura, empresário amigável e generoso o suficiente para compartilhar seus conhecimentos enquanto constrói sua própria Startup.
Além do trabalho desenvolvido nesses dias, também foi possível conhecer a vida local de Cingapura, comer em vendedores ambulantes e visitar Chinatown, foi organizada uma visita ao Hotel Marina Bay Sands e ao Gardens By the Bay, pontos turísticos e cartões postais de Cingapura.A próxima reunião e treinamento ocorrerá na Eslovênia, de 23 a 30 de junho próximo, onde diversas atividades de empreendedorismo e desenvolvimento de startups estão programadas.O Brasil é representado no consórcio pela Cooperativa de Turismo e Promoção Social – Cooperbom Turismo, sediada em Ilhéus-Bahia e com atuação em todo o país desde 2007.

SFEST Edição Brasil - Festival Internacional de Gastronomia, Sabores e Artes.



Ilhéus recebeu voluntários de Cabo Verde, da Grécia e da Itália que se juntaram aos brasileiros representantes locais para realizar as atividades do SFEST Edição Brasil, A iniciativa brasileira é da Coperativa de Turismo e Promoção Social - Cooperbom Turismo, uma cooperativa com olhar para a sustentabilidade, parceira Brasileira no consórcio do projeto, que tem como um dos objetivos principais promover a cooperação entre Europa, África e a América Latina.

O projeto foi organizado por jovens voluntários, através de um consórcio internacional com participação do Brasil, Cabo Verde, Grécia e Itália, e foi co-financiado pelo programa Erasmus +, da União Europeia.

O objetivo principal do evento local foi: gerar conhecimento para a população em vulnerabilidade social, criar oportunidade nas comunidades carentes, potencializar suas forças através das oficinas e através das atividades e palestras, e desenvolver mecanismos que atendam demandas que possam diminuir os índices de desemprego entre os jovens.



As propostas do Festival Internacional de Gastronomia, Sabores e Artes, foram citadas por jornais locais como “um marco na identidade gastronômica mundial”, voltadas à atuação dos jovens nos segmentos do turismo de base comunitária e do empreendedorismo social. As oficinas e palestras ocorreram de 2 a 5 de maio, na Escola do Chocolate Nelson Schaun (CEEP), e no dia 6, domingo, o Festival Internacional teve lugar na Avenida Litorânea, no Malhado. Os jovens participaram de oficinas temáticas de artesanato, dança, música, ecobijuterias, slackline, grafite e palestra sobre Upcycling, que foram aplicadas por facilitadores voluntários da Itália, Cabo Verde, Grécia e Brasil, e aulas-show de gastronomia (Chocolate, Cozinha Italiana, Grega, Cabo-Verdeana e Brasileira com comida de buteco e típicas), aplicadas por Chefs conhecidos nos países participantes do projeto.


Para Maria Morais, coordenadora nacional do projeto, a iniciativa proporciona aos jovens pertencentes a estas comunidades se apropriarem de novas ideias e perspectivas, e o fortalecimento do sentido de pertença através das ferramentas da educação não formal. De acordo com ela, “O protagonismo aqui é o conhecimento. O jovem voluntário aprende e multiplica esse saber fazendo uma devolutiva importante à sua comunidade, que por sua vez, se engaja harmonicamente no processo, trazendo um novo sentido as suas vivências, assumem seus problemas e dificuldades, e aprendem assim a não depender apenas dos governos e empresas privadas, buscando alternativas, criando oportunidades e promovendo as mudanças que desejamos ver nas nossas comunidades, impulsionando o desenvolvimento econômico, social e cultural”.

O coordenador internacional do Projeto SFEST, o italiano Antonio Giattini, o coordenador grego Aleksander Balaskas, as coordenadoras italiana Lorena Sanchez e a cabo-verdeana Maria Estrela, trouxeram seus voluntários e ingredientes típicos das suas respectivas regiões e culturas, para mostrar a força da gastronomia internacional. No domingo, dia 6, o encerramento das atividades do projeto teve atividades esportivas, com partidas de futebol entre escolinhas locais e um jogo entre os locais e os voluntários estrangeiros, e culminou com a Feira de Artes, Artesanato e Comidas típicas, com a participação de expositores locais, apresentações de danças típicas (grega, italiana, cabo-verdeana e brasileira), teatro e música com shows voluntários de artistas locais e danças afro, maculelê, capoeira e samba, com a participação do grupo Batuka Gêge. 

O Festival Internacional de Gastronomia, Sabores e Artes, aconteceu na Avenida Litorânea Norte, próxima ao CEEP, onde os Chefs estrangeiros e brasileiros ofereceram experimentação de seus pratos típicos. Anteriormente, a Grécia fez a primeira edição do projeto sob o tema gastronomia e artes em junho de 2017 na cidade de Heraklion (Ilha de Creta) e Cabo Verde fez a segunda edição em novembro de 2017 sob o tema Grafite na cidade de Mindelo (Ilha de São Vicente). A Itália realizará a quarta e última edição com um Festival de Gastronomia e Artes em Castelamare di Stabia dia 30 de junho próximo.

A realização das atividades do projeto contou com a importante participação de stakeholders (apoiadores) locais como a ATIL, Costa do Cacau Convention Bureau, Resort Tororomba, Tenda Teatro Popular de Ilhéus, Eco Resort Village Indaiá, Escola do Chocolate Nelson Schaun – CEEP, Hotel Barravento, Vitrine das Tintas, Armarinhos Guimarães, as Secretarias Municipais de Turismo e Esportes (Setur), Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes) e Industria e Comércio (Sedic), Superintendência de Trânsito (Sutran), da Polícia Militar local e da deputada estadual Ângela Sousa.

Para conhecer mais sobre o projeto acesse o site internacional www.s-fest.eu

Créditos: SECOM (fotos), BahiaJáTurismo, SFEST, Cooperbom Turismo