sábado, 5 de setembro de 2009

COOPERBOM TURISMO EM RECIFE - PE - VISITA AO INSTITUTO RICARDO BRENNAND

Em viagem de trabalho à Recife, com o intuito de iniciar o processo de criação de um núcleo da Cooperbom Turismo, onde contaremos com o apoio e a coordenação de nosso cooperado e Mestre em Meio Ambiente pela UFPE, Walter Meireles, nossos diretores Winston Meireles e Maria Morais aproveitaram a sugestão, de um final de tarde, para visitarem o Instituto Ricardo Brennand, museu que abriga um maravilhoso acervo histórico. O Museu de Armas Castelo São João foi criado pelo colecionador pernambucano Ricardo Brennand, que há mais de cinqüenta anos vem adquirindo obras de arte das mais diferentes procedências e épocas, cobrindo um espaço de tempo entre os séculos XV e XXI, com peças provenientes da Europa, Ásia, América e África. Essas obras de arte estão reunidas em coleções de Pintura, brasileira e estrangeira, Armaria, Tapeçaria, Artes Decorativas, Escultura e Mobiliário.
A Ação Educativa do Instituto Ricardo Brennand foi criado em 2002 em virtude da realização da exposição Albert Eckhout volta ao Brasil: 1640-2002, e desde então vem desenvolvendo programas educativos para escolas da educação Infantil ao Ensino Médio das redes públicas e particulares de Pernambuco; atividades culturais, ciclos de debates, cursos e encontros que visam a formação de públicos diversos por meio da educação do olhar – nunca a questão do olhar esteve tão no centro do debate da cultura e da sociedade contemporânea – para o desenvolvimento da percepção visual, da sensibilização para a arte e para os objetos da cultura e para a ampliação do universo cultural dos visitantes.
As visitas monitoradas à exposição são o principal veículo de mediação entre as obras expostas e o público. Elas são feitas por educadores especializados que propiciam discussões e fornecem informações sobre o conceito da exposição, o artista, seu processo de trabalho e sua obra.

A Biblioteca do Instituto Ricardo Brennand, com ênfase em História do período Brasil-holandês, é parte integrante do conjunto arquitetônico da Pinacoteca. A coleção abriga obras raras dos século XVI ao XX, dificilmente encontradas em outras bibliotecas ou arquivos. O tema principal dessa coleção são livros sobre o Brasil, escritos por viajantes dos séculos XVII ao XIX, e livros escritos nos períodos colonial e imperial, obras de grande interesse para a pesquisa histórica, artística, cultural, política, de costumes e de história natural.

O Instituto Ricardo Brennand ainda dispõe de vários espaços para realizações de eventos como jantares, coquetéis, casamentos, eventos coorporativos e culturais.

Para conhecer o museu acesse o site:

Nenhum comentário: