sábado, 16 de janeiro de 2010

JORNAL DIÁRIO DE ILHÉUS DESTACA ARTICO SOBRE A COOPERBOM TURISMO E SUAS ATIVIDADES PARA O TURISMO LOCAL





COOPERATIVA DE TURISMO UMA SOLUÇÃO PARA A NOSSA CRISE.


Winston Meireles*


Em uma região onde se sabe que impera o individualismo, a solução é a educação cooperativista para que, aos poucos possamos mudar esta indesejada cultura. Entretanto, estamos cientes do quanto é difícil e desgastante. Os que assumem esta proposta são verdadeiros heróis. Sabem que nesse trabalho não há reconhecimento. Mas, incrivelmente, eles ainda existem.

Dentro desse contexto, um grupo de pós-graduados em cooperativismo pela UESC, uma professora de idiomas e mais alguns empresários e profissionais autônomos de nossa sociedade, resolveram encarar este desafio, fundaram a COOPERBOM TURISMO LTDA (CBT), uma cooperativa de turismo, cultura, esporte e lazer que vem fazendo a diferença, ao oportunizar o cidadão comum a praticar o turismo cooperativo.

Concebida inicialmente como uma operadora de turismo, vem fazendo o que todos dizem ser o óbvio, mas, infelizmente, dificilmente é praticado em nosso meio: o exercício de que “a união faz a força”. Seu diferencial está nas raízes dos princípios universais do cooperativismo de ajuda mútua, democracia, igualdade, eqüidade, honestidade, transparência, responsabilidade, sustentabilidade social e preocupação com o semelhante.

O projeto que já é uma realidade possibilita a prática do turismo ecológico responsável, fazendo as pessoas repensarem seus paradigmas, ao proporcionar aos participantes interagirem entre si e o meio ambiente. O associado é inserido de forma voluntária a prestar serviços, enquanto turista à sociedade, retornando para casa não somente com o deleite da viagem, mas com a leveza de que pôde ser útil à humanidade e ao seu planeta.

Já estando inscrita entre as 90 cooperativas do mundo associadas a TICA – International Association of Tourism Co-operatives – a COOPERBOM TURISMO tem como alvo, não somente movimentar o turismo local, mais também captar viajantes do país e do exterior na “baixa estação”, a preços atrativos, ao mesmo tempo em que o fideliza como um parceiro e não apenas como um visitante ocasional.

Possibilita ao associado participar de convênios com diversas redes de lojas e serviços, educação e cultura, com significativos descontos, fazendo-os compartilharem talentos e negócios. Trabalham em seus quadros até dezembro duas estagiárias, uma italiana e outra portuguesa, ambas da London South Bank University e a partir do final de janeiro mais três estagiárias francesas da Universidade La Rochelle. Uma demonstração clara de que os países desenvolvidos valorizam o que a ONU classificou como o melhor instrumento do mundo para a diminuição das diferenças sociais: as cooperativas.

É necessário que os empresários e formadores de opinião, com o apoio da Prefeitura, através de sua Secretaria de Turismo, quebrem o preconceito local da falta de união participativa e, não somente conheçam os excelentes projetos dessa inovadora cooperativa, como também passem a fazer parte ativa de seu processo, não somente a procura de benefícios imediatos, mas no intuito de estimularem, de forma pessoal e concreta o seu crescimento e, em conseqüência, a reorganização e melhoria do turismo local.

Associar-se é muito fácil: a contribuição é de somente R$ 30,00, durante 36 meses.

Trata-se, em verdade, de uma grande saída não somente para a crise econômica que enfrentamos, mas contra a carência de solidariedade existente, fazendo da região um modelo de turismo cooperativo humanitário, responsável e sustentável, não apenas para nosso Estado, mas como um grande exemplo para o país.

Para conhecer melhor este projeto e participar da cooperativa, acesse o site www.cooperbomturismo.blogspot.com

E-mail: cooperbomturismo@hotmail.com

Av. Lomanto Junior, 648 - Pontal - Ilhéus – Bahia.

Fone: 73.3231.5563

Nenhum comentário: