sexta-feira, 26 de setembro de 2008

AULAS DE DANÇA DE SALÃO E ALONGAMENTO NA COOPERBOM TURISMO

Alessandra Jatobá - Fisioterapeuta que ministra as aulas de alongamento.
Radija Almeida e William Maurício - Professores de dança de salão.
Momento da dança....Bolero.
Kaira Pereira - Professora de dança de salão.
Dança e movimento....Anos 80.

Iniciamos esta semana as aulas de Dança de Salão e Alongamento na sede da Cooperbom Turismo, o objetivo dos cursos além de capacitar para o setor turístico e entretenimento, é oferecer aos cooperados cursos com um custo menor e de qualidade.
Quem dança seus males espanta! Dançar é bom! Faz bem para o corpo e para a mente! Perder calorias? Sim. A dança pode ser uma alternativa para perder os quilinhos e deixar o corpo em forma. É uma opção para quem não gosta muito do ritmo das ginásticas, musculação e outras modalidades esportivas... Dançar também alonga os músculos, sem contar que a dança nos deixa de muito bom humor, porque é super divertida! A dança é considerada uma atividade de baixo impacto, ideal para quem não gosta de academias, além de manter a forma física, auxilia na melhora da auto-estima, pois trabalha o corpo e mexe com a emoção. Como as outras atividades, a dança também trabalha toda a musculatura do corpo (quando não estamos muito acostumados a dançar, os músculos ficam um pouquinho doloridos), além disso, também estimula a circulação sanguínea. Dança flamenca, dança do ventre, dança de salão, e muitas outras podem ser a grande saída para perder uns quilinhos e de quebra, ficar muito bem humorado.

Claro que o alongamento é essencial para que todas as atividades, incluindo a Dança de Salão tragam benefícios ao corpo.

Quando feitos de maneira adequada os alongamentos trazem os seguintes benefícios: -reduzem as tensões musculares; -relaxam o corpo; -proporcionam maior consciência corporal; -deixam os movimentos mais soltos e leves; - previnem lesões; -preparam o corpo para atividades físicas; - Ativam a circulação. No caso de estudantes eles podem ser feitos até no intervalo das aulas, o alongamento ajuda na respiração, facilitando a circulação sanguínea o que aumenta o raciocínio. Como deve ser feito? A respiração é fundamental: quando se respira fundo aumenta-se o relaxamento muscular. É a respiração que dá o ritmo ao exercício e por isso deve ser lenta e profunda. Deve-se respeitar os seus limites. Forçar o alongamento pode causar lesões nos músculos e tendões. Não se preocupe em alongar até ao limite. Aos poucos ganha-se flexibilidade. Regularidade e relaxamento são ingredientes obrigatórios para um bom alongamento. Aprender a introduzi-lo na rotina é fundamental. É possível alongar enquanto se faz outras coisas como ler ou ver TV. Os alongamentos conseguem esse resultado por aumentarem a temperatura da musculatura e por produzirem pequenas distensões na camada de tecido conjuntivo que revestem os músculos. Por que fazer alongamentos? Tanto uma vida sedentária, como a prática de atividade física regular intensa, em maior ou menor grau, promovem o encurtamento das fibras musculares, com diminuição da flexibilidade. Quanto à atividade física, esportes de longa duração como corrida, ciclismo, natação, entre outros, fortalecem os músculos, mas diminuem a sua flexibilidade. Nos dois casos, a conseqüência direta desse encurtamento de fibras é a maior propensão para o desenvolvimento de problemas em ossos e músculos. Provavelmente, a queixa mais freqüente encontrada tanto entre sedentários, como entre atletas, é a perda da flexibilidade provocando dores lombares, por encurtamento da musculatura das costas e posterior das coxas, associado a uma musculatura abdominal fraca. Com a prática regular de alongamentos os músculos passam a suportar melhor as tensões diárias e dos esportes, prevenindo o desenvolvimento de lesões musculares.
Na próxima semana estarão iniciando as aulas dos cursos para Garçon e garçonete, Modelo e Manequim (maquiagem, postura, etiqueta) e Inglês Instrumental. As matrículas estão abertas e as vagas são limitadas, pois trabalhamos com resultados.
Participe! Mexa-se! Venha dançar conosco!

Nenhum comentário: