sexta-feira, 26 de setembro de 2008

SOCIEDADE SÃO VICENTE DE PAULO DE ILHÉUS

Cel. Winston Meireles, Maria Morais e Luíz Roberto A. R. Maia.

Fundada em setembro de 1916, a história da instituição na região se consolida na década de 50, quando os vicentinos de Ilhéus davam assistência aos mendigos e aos presos da cidade. Ainda sem sede própria, reuniam-se na igreja de São Jorge, até a construção da Casa do Mendigo na avenida Itabuna, em terreno doado pelo médico Raymundo do Amaral Pacheco. A sede atual da instituição seria inaugurada somente em 1951, localizada no Alto da Conquista.
Em Ilhéus, em 1955, os vicentinos passaram a administração do Abrigo São Vicente de Paulo para as Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição. A instituição cresceu com o apoio e a caridade da sociedade ilheense, considerada hoje uma das melhores do gênero, no país, e um exemplo de fé e serviço social.
Historicamente, os vicentinos são leigos ligados à Igreja Católica que têm como objetivo fazer o bem, cuidar dos mais necessitados, seguindo os preceitos de São Vicente de Paulo, sem fazer alarde da sua obra. Esta ordem foi fundada na França em 1833, por Antônio Frederico Ozanan, quando tinha apenas 20 anos de idade.

Atualmente a Sociedade São Vicente de Paulo é presidida por Luíz Roberto A. R. Maia, também co-fundador e cooperado da COOPERBOM TURISMO. Engenheiro de formação, tendo prestado serviço na Força Aérea Brasileira, é um atuante e competente administrador, que tem feito um excelente trabalho na instituição.

Parabéns a todos os colaboradores que fazem deste trabalho uma fonte inesgotável de solidariedade e desprendimento.


Nenhum comentário: