domingo, 24 de maio de 2009

A COOPERBOM TURISMO PRESTIGIA O GRUPO D. EDUARDO EM EVENTO BENEFICENTE NO HOTEL JARDIM ATLÂNTICO

Clique para ampliar a imagem
Karine e Marcos Flávio, Elisabeth Custodio e Tomas Klein, Winston Meireles, Dr. Plínio e Conceição Scaldaferry

Em 2000, a ONU – Organização das Nações Unidas, ao analisar os maiores problemas mundiais, estabeleceu 8 Objetivos do Milênio – ODM, que no Brasil são chamados de 8 Jeitos de Mudar o Mundo. Muitos já estão contribuindo para que o Brasil alcance esses objetivos. Juntos nós podemos mudar a nossa rua, a nossa comunidade, a nossa cidade, o nosso país.

Em Ilhéus, os casais do Grupo de Oração D. Eduardo, pelo 4º ano consecutivo, realizam eventos beneficentes com o objetivo de auxiliar creches carentes, contribuindo para que o Brasil alcance os objetivos propostos pela ONU.
No ano passado, a arrecadação das festas foi revestida para a construção de um parque infantil na creche Bom Pastor (Barreira), este ano a arrecadação da festa realizada neste sábado 23 de maio, nas dependências do Hotel Jardim Atlântico vai para a creche Bom Pastor (Novo Ilhéus), cuja atual necessidade é alimentos.
O evento contou com o apoio de representantes dos Rotarys, Lions, Maçonarias e ilheenses interessados em apoiar projetos sociais.
A Cooperbom Turismo prestigiou o evento através de seus cooperados e diretores, Winston Meireles, Maria Morais, Jehovah Moura e sua esposa Meire, Tomas Klein e Elisabeth Custodio, registrando também a presença de nossos amigos e alunos do curso de Dança de Salão, entre eles estavam presentes a psicóloga e professora da Uesc e FTC, Conceição Scaldaferry, Zezé, Joselita e seu esposo André, Solange, (regente do Coral da Uesc), Dr. Plinio (cardiologista), Clarissa Madureira (Unifisio), Edlei Oliveira e Themis Nabuco. Todos pretigiando os casais do Grupo de Oração D. Eduardo, ao qual nós agradecemos por seu excelente trabalho social e ao qual nos colocamos à disposição para apoiar os eventos futuros.
"O trabalho voluntário permite que nos tornemos atores para o exercício da cidadania plena".

Nenhum comentário: