segunda-feira, 16 de agosto de 2010

SANTIAGO DE COMPOSTELA - UMA HISTÓRIA DE FÉ.



O Caminho de Santiago é uma rota de peregrinação que começa em qualquer lugar da Europa e termina em Santiago de Compostela. Nós começamos em Saint Jean Pied-de-Port nos pirineus franceses no dia 19 de junho e chegamos a Santiago de Compostela no dia 23 de julho.

Nos primeiros dias, até o corpo acostumar com a caminhada diária, andamos menos de 20 quilômetros por dia. Depois fomos aumentando gradativamente até chegar a 35 Km. O Caminho começou com a subida dos Pirineus com chuva e temperaturas de 1 a 3 graus celsius. Depois o clima foi esquentando e na maio parte do Caminho passou dos 35 graus. Normalmente se dorme em albergues de peregrinos, mas como tinha muita gente fazendo o Caminho, tivemos que dormir algumas noitas em hostais, hoteis e, até ao ar livre, nas noites muito quentes. (levamos equipamento: isolantes termicos, sacos de dormir, etc.). É interessante porque, a cada 3 ou 4 Km de caminhada sempre tem algum lugar para parar visitar ou comer alguma coisa.

É interessante porque a cada 3 ou 4 Km sempre encontramos algo interessante: um bar para comer alguma coisa, um pequeno vilarejo, igrejas, castelos, monastérios, bodegas (fábricas de vinho), etc, para visitar, sem contar apaisagem maravilhosa. O Caminho é atrativo do princípio ao fim. A variedade de tipos de piso também ajuda muito (tem trechos de trilha na floresta, à beira de rios, asfalto, pedra, terra, pedrisco, calçadas, etc. ) Tem até um trecho todo por uma calçada dentro de um córrego de águas cristalinas. Ladeando quase todo o Caminho existem árvores frutíferas que estavam carregadas de frutos. Chegando o outono (set/out/nov) os peregrinos poderão apreciar maças, pêssegos, peras, figos, etc. Nós já apreciamos as cerejas, groselhas, framboesas, amoras e outras que já estavam amadurecendo no verão.

José Manuel Rocha Bernardo - Cooperado - DF

Nenhum comentário: